Riscos novos e Emergentes (crédito: Enga Elaine Graziela

Recentemente eu publiquei uma matéria no LinkedIn a respeito dos aspectos de SST na nanotecnologia. Ontem o Sr. Cosmo Palasio postou um link com material mais aprofundado da Enga Elaine Graziela e gostaria de compartilhar com voces.

Tema: Riscos novos e emergentes. Ela menciona não só a nanotecnologia, mas também novas tecnologias e novos processos de produção, por exemplo, nanotecnologias e biotecnologias;

· novas condições de trabalho, a exemplo de cargas de trabalho mais elevadas, intensificação das tarefas e condições ruins de transferência laboral;

· formas emergentes de emprego, a exemplo de outsourcing e contratos temporários.

Com isso, nos coloca um desafio para entendermos …riscos novos e emergentes: os riscos novos e emergentes são divididos em quatro áreas de segurança e saúde ocupacional: físicos, biológicos, psicossociais e químicos.

Vejam que interessante: os riscos biomecânicos (antropometria) não são mencionados. A ênfase está nos riscos psicossociais.

Eu comigo mesmo (kkk) em relação a ergonomia que sempre trabalhei com 70% dos desconfortos dos trabalhadores vinham do psicossocial e 30% do biomecânico, mas vejo que preciso atualizar está %

segue link:  https://www.linkedin.com/pulse/riscos-novos-e-emergentes-como-dimension%C3%A1-los-elaine-graziela/